Foto: Playground do condomínio: brincadeiras com segurança

Categorias: Empreendimento, Mercado Imobiliário, Pindamonhangaba,

Playground do condomínio: brincadeiras com segurança

Postado por • 12 outubro 2017

Dia das Crianças também vale para conscientizar! Os tempos mudaram e hoje se tornou mais difícil ver as crianças brincarem nas ruas como antigamente. Seja pelo advento da tecnologia – que se tornou um vício através de games digitais – ou pelas questões de segurança, as crianças se tornaram menos ativas, mas os pequenos precisam gastar energia. Então, o que é mais interessante senão um bom playground de condomínio?

Quando você mora em um prédio com opções de lazer, está privilegiando a segurança e o bem-estar da sua família. Com um playground no condomínio, fica muito mais fácil deixar as crianças se divertirem de uma forma saudável. Ainda assim, deve-se tomar cuidado com algumas medidas.

Construtoras de qualidade responsáveis pelos projetos de arquitetura seguem as normas gerais da ABNT para a construção do playground, mas sabemos que crianças são alvos fáceis de acidentes. Elas podem cair, tropeçar, esbarrar em algum objeto e até se cortar, por mais seguro que seja um ambiente. E isso faz parte da infância.

Mas o que fazer para evitar acidentes nos playground? Será que somente vigiar os pequenos é suficiente? O que torna um playground um ambiente de qualidade para as crianças? Vamos ajudar a esclarecer essas questões agora mesmo!

A qualidade do playground

Um playground interessante para as crianças é aquele que tem brinquedos educativos. A variedade de atividades, o mix de cores e a presença de formas geométricas diversificadas ajudam na formação do saber.

A qualidade também está na segurança do lugar. Os brinquedos devem receber vistoria e manutenção com frequência. Além disso, a escolha dos brinquedos deve ser feita de acordo com os graus de risco que apresentam. As estruturas muito altas devem ser evitadas. O ideal são escorregadores mais baixos, por exemplo.

A segurança também se afirma na higienização do playground, evitando riscos de contaminação de doenças. Nesse sentido, os condomínios oferecem muito mais segurança do que playgrounds de parques. Isso porque é muito mais fácil ter um funcionário responsável pela tarefa de limpar os brinquedos.

Cuidados e prevenções

O condomínio deve fazer sua parte para manter o playground seguro, mas é claro que você também deve ficar atento às crianças quando levá-las ao playground. Vigiá-las é um passo importante, mas há outros cuidados que podem ser tomados para evitar acidentes.

Um passo importante é educar seus filhos para que eles usem apenas os brinquedos mais seguros. Se você tiver receio referente a alguma estrutura, saiba dizer não. Outra atitude que faz a diferença é identificar o que é mais viável para cada faixa etária, contribuindo para diminuir os riscos consideravelmente.

Outra dica é participar da brincadeira em vez de ficar observando à distância. É uma maneira de ter mais controle sobre as ações dos pequenos e garantir que eles respeitem seus comandos e regras. Sem contar que você aumentar os laços do relacionamento paternal ou maternal – se não for um dos pais, a mesma relação de cumplicidade também vale.

Agora que você já sabe como transformar o playground em um ambiente mais seguro para as crianças, queremos apresentar a infraestrutura do Maximus Residence, empreendimento que conta não só com esse espaço, mas também uma brinquedoteca para seus filhos!

Não se esqueça de nos seguir nas redes sociais. Estamos no Facebook e no Instagram!

Quer Receber nossas novidades?